Portugal e a UE

by

A carga fiscal em Portugal aumentou e aproxima-se da média europeia…

E ainda há más línguas que dizem que Portugal não está a convergir com a UE:

“(…)O peso dos impostos na economia portuguesa subiu de 34,2% para 35,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2005, valor ainda abaixo da média dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE), indicou esta terça-feira o Eurostat”

http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?section_id=13&id_news=82963

2 Respostas to “Portugal e a UE”

  1. xoaninha Says:

    Eu não me importo que o peso dos impostos suba no PIB, desde que seja a dividir por todos. Ou seja, se aumentou porque menos fogem a pagar, acho até muito bem; se é porque os poucos que cumprem pagam mais, muito mal.

    Tudo seria mais simples se houvesse apenas impostos directos…

  2. migueltv Says:

    também concordo com os impostos directos… a fuga deixa de ser possível e acabam por ser mto mais justos!!! Impostos directos oe o ôôôo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: