Archive for the ‘football’ Category

Benfica

Março 13, 2008

Por motivos técnicos, não nos é possível neste momento apresentar o “Benfica demolidor”! Pedimos desculpa pelo incómodo. Esperamos retomar o Benfica demolidor dentro de poucos anos!

Ideia daqui!

🙂 A

Anúncios

Das memórias – os 7 – 1

Fevereiro 28, 2008

Fim-de-semana de Sporting-Benfica… e a memória é mesmo assim… no estado em que está o Benfica, lembrei-me de um dos jogos mais dificeis e duros da sua história, os 7-1 de Alvalade de 1986/87! Tinha 6 anos, mas lembro-me tão bem… dia de chuva, estava em casa. Ouvi o relato! Do princípio ao fim! E sempre com a estúpida esperança de uma recuperação! Até ao último minuto! É (Era) assim! Irracional. Mas hoje não ouviria… aos 3-1, teria desligado o rádio! Porquê? Porque aquela era uma equipa de campeões (como efectivamente o foram no fim dessa mesma época) e esta… bem… é melhor parar por aqui… 

😉 A  

Afinal, há gente com juízo por cá…

Fevereiro 11, 2008

O Presidente da República afirmou hoje que Portugal tem outras prioridades que não a organização do Mundial de Futebol de 2018. E parece-me que tem toda a razão. 😉 A 

Revisitando Tsubasa

Janeiro 30, 2008

O avançado do Boca Juniors, Martin Palermo, mostra que também via o Tsubasa…

🙂 A

Novak Djokovic

Janeiro 29, 2008

Nolé conquistou esta semana o Australian Open. E não é que, nem na Austrália, Novak Djokovic se esqueceu do Benfica…

“Novak à Benfica

Chegou ao Estoril Open quase como um ilustre desconhecido – começou a andar de boca em boca quando contou que por influência do pai esteve destinado a tornar-se jogador de futebol e que apesar de ter nascido na Sérvia adorava o Benfica. Foi atropelando todos os adversários que lhe saíram ao caminho e ganhou a final. Para além do cheque de 75 mil euros – a emoção de… Eusébio lhe ter ido oferecer uma camisola do Benfica. Ele retribuiu com a raqueta do jogo. Esta semana, a caminho da mais fantástica (por enquanto…) vitória da sua vida, no Open da Austrália, voltou a deixar-se levar pelo impulso do coração. E segundo alguém disse de lá, de Melbourne, em crónica para a RFM, após ganhar o jogo dos oitavos-de-final, Novak Djokovic passeou pelos courts à…. Benfica. Não, não era a que Eusébio lhe dera, era outra, novinha, o modelo cor-de-rosa.”
fonte: jornal “A Bola”, p. 39.

Não contente com a notícia d’ A Bola/RFM e procurando mais dados, o mundo do Sol descobriu ainda a confirmação do facto aqui.

E como isto é jornalismo sério, o mundo do Sol teve ainda acesso a esta imagem.

😉 A

Roma Roma Roma

Janeiro 3, 2008

T., pode ser que assim consiga apanhar o ritmo…  

Bom ano a todos!!!

🙂 A

Futebol Moderno

Dezembro 10, 2007

O futebol moderno não tem as romarias de Domingo à tarde. O futebol moderno é à noite. O futebol moderno é frio. O futebol moderno tem gestores e não Presidentes que amam os seus clubes. O futebol moderno dá sempre na televisão. 11 mil pessoas no Benfica – Académica de ontem… mas o que eles mereciam era ter as bancadas assim:

(In)Justiça da UEFA

Novembro 16, 2007

Um seleccionador nacional, com as responsabilidades inerentes ao cargo, no final de um jogo, dá um murro num jogador e leva 3 jogos de suspensão…

Um jovem de 21 ou 22 anos, sem experiência europeia, no meio de um jogo, entra duro… (e nem lesiona o adversário…) e leva seis jogos…

Justiça da UEFA… pois!!!!!!!! Um grande LOL para a UEFA!!!

Ser sócio honorário do Benfica não é tão fácil como ser condecorado com a ordem da Liberdade ou da Cruz de Cristo…

Outubro 30, 2007

Estamos mal enquanto o dinheiro condicionar totalmente a forma de gerir e actuar no Benfica.

Estamos mal enquanto a direcção propuser o título de sócio honorário a Granadeiro… que nunca fez nada pelo Benfica sem ser promover a sua própria marca e pagar o devido preço!

Estamos bem enquanto os sócios do Benfica forem assim:”Numa noite agitada, Luís Filipe Vieira viu ainda chumbada a proposta para tornar Henrique Granadeiro, presidente da PT, sócio honorário do Benfica. Esta pretensão foi chumbada com 1734 votos contra, com apenas 1279 a favor e 105 abstenções.” in maisfutebol.iol.pt/noticia.php?id=872587&div_id=1456

Lição: Ser sócio honorário do Benfica não é tão fácil como ser condecorado com a ordem da Liberdade ou da Cruz de Cristo…

Das Memórias – jogos de uma geração

Outubro 17, 2007

Nasci em 1980. Falhei as grandes conquistas europeias do Benfica, mas nem por isso deixei de “viver” grandes jogos.

Em 1988, tinha 7 anos. O Benfica recebia o Steaua para a segunda mão das meias-finais da Taça dos Campeões Europeus, depois de um promissor empate a zero em Bucareste. Queria muito ir ao jogo na Luz… lembro-me de chegar ao dia ainda com essa esperança!

Fui para a escola e às 14h00 foram-me buscar, 4 horas antes do habitual… a esperança aumentou, mas logo se desmoronou, o N., irmão mais velho, disse-me que ia ser um jogo com muita gente, que era melhor não ir, blá blá blá… contive as lágrimas e perguntei se o jogo daria na Televisão (coisa rara na altura). O N. respondeu que corria esse rumor, mas que eu não pensasse muito nisso.

Cheguei a casa às 14h30 (afinal, só me tinham ido buscar mais cedo, porque tinham de ir a essa hora para o estádio :P)… até às 21h00 (acho que foi a hora do jogo), estive a imaginar golos que nos levassem a Estugarda… e a torcer por poder vê-los em directo! E o jogo deu mesmo em directo! Vi-o com a minha Avó. O Benfica marcou por 2 vezes na primeira parte e o resultado ficou por aí!

O Benfica estava na final (ndr.: derrota nos penalties com o PSV)! Fiz a festa com a minha Avó! E lembro-me de tentar esperar acordado pelo resto da família para me contarem os barulhos e as emoções do Estádio!!! Na rua, a festa foi indescritivel!  
Dois anos depois, o Benfica voltava a uma meia-final da Taça dos Campeões Europeus. O adversário era o Marselha. O jogo em França, da primeira mão, deu em directo… perdemos 2-1, fomos massacrados! Esperava-nos uma missão dificil em Lisboa.

Lembro-me perfeitamente que o jogo da Luz foi nas féria da Páscoa… portanto, não estava em Lisboa. E voltaram a achar melhor não me levar ao jogo!!! 😛

Desta vez, o jogo não deu mesmo na Televisão!

Ouvi-o todinho na Rádio… explosão de alegria a 7 minutos do fim, momentos de festa em casa e de inferno na Luz… o Inferno da Luz.  

De férias, em SMP, a festa foi feita com o meu primo J. (com quem ouvi o jogo na cozinha de dentro…), com a minha Avó e com o Tio J.J..

O Benfica voltava à final da TCE! Mas continuou sem a voltar a ganhar(derrota com o Milan, 1-0)… e eu continuo à espera de poder assistir ao vivo, na Luz, a uma meia-final da Taça dos Campeões Europeus…