Archive for the ‘lições’ Category

“I was twelve years old the first time I walked on water…”

Junho 24, 2007

O resto do livro é tão fantástico como esta primeira frase.

Em “Mr Vertigo”, Paul Auster conta-nos o inesperado, praticamente um milagre, com a naturalidade de quem fala de um banal quotidiano.

Consegue, por isso, abordar diferentes temáticas, como “stories of initiation”, imigração, discriminação, “american dream”, entre outras, enquadradas numa atmosfera originalíssima do incrível. Apresenta-nos a América (EUA) dos anos 20 com um toque especial de mágica.

Dá, literalmente, asas à nossa imaginação, demonstrando-nos , afinal, que voar é simples.
rosa meditativa - salvador dali

Anúncios

Pequenas Lições IV

Junho 21, 2007

É fundamental “apanhar” o ritmo da música para se dançar bem o Tango, embora essa seja uma missão muito complicada. 😉 A  

Santos Populares

Junho 12, 2007

Os Santos Populares estão aí e ainda ninguém me ofereceu um Manjerico!!!

Para o caso de a desculpa ser desconhecer a desejada plantinha, aqui fica uma fotografia:

 manjerico

Ah e que venha com quadrinha!!!

😉 A

Santo António e Homenagem ao meu Avô Alentejano

Junho 12, 2007

Na primária, por esta época do ano, a professora passou-nos a seguinte tarefa: procurar uma original quadra de Santo António.

O meu Avô ensinou-me a seguinte:

Santo António do Outeiro,

Não quer que lhe chamem Santo.

Quer que lhe chamem Soldado,

General Mestre de Campo!

Na altura, não tive coragem de pedir a exegese da quadra, pelo que até hoje ainda não a entendi bem…

De qualquer modo, fui quem descobri a quadra mais original. Obrigada, Avô 🙂

Location, location, location! …razão tinha o Trump!

Maio 29, 2007

Numa experiência inédita, Joshua Bell, um dos mais famosos violinistas do Mundo, tocou incógnito durante 45 minutos, numa estação de metro de Washington, de manhã, em hora de ponta, despertando pouca ou nenhuma atenção. A provocatória iniciativa foi da responsabilidade do jornal “Washington Post”, que pretendeu lançar um debate sobre arte, beleza e contextos. Ninguém reparou também que o violinista tocava com um Stradivarius de 1713 – que vale 3,5 milhões de dólares.Três dias antes, Bell tinha tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custam 100 dólares, mas na estação de metro foi ostensivamente ignorado pela maioria.A excepção foram as crianças, que, inevitavelmente, e perante a oposição do pai ou da mãe, queriam parar para escutar Bell, algo que, diz o jornal, indicará que todos nascemos com poesia e esta é depois, lentamente, sufocada dentro de todos nós.“Foi estranho ser ignorado”

As time goes by…

Maio 26, 2007

Hoje foram as festas do meu maninho. Dos 18 anos e de finalista. Lembro-me da minha festa como se fosse ontem. Mas não foi.

Tenho quase a mesma energia e sim, mais alguma (pouca) lucidez. Foi a lucidez que nos deu boleia para casa…

Assusta-me saber que se tivessemos ido à after-party íamos ser os cotas da pista. Afinal, ainda ontem rezava para não me pedirem o BI…

PS: A noite de Lisboa está maisoumenos assim:
kids disco

Lições III

Maio 23, 2007

A escolha de roupa é uma tarefa importante. Só em casos excepcionais deve ser interrompida. 😉 A

Eu Confesso

Maio 16, 2007

O meu abi de matemática foi mais assim…
cartoonmath.gif

No meu tempo não era assim (post dedicado à Francisca)

Maio 15, 2007

Pais Filhos e trabalhos de casa (TPC)

pequenas lições II

Abril 29, 2007

Arrumar a roupa de inverno e comprar sandálias provoca pluviosidade…